Programas de Afiliados

Você sabe o que são programas de afiliados?

Me diga uma coisa: você sabe o que são programas de afiliados?

Para ganhar dinheiro na internet existem muitas maneiras, muitas mesmo! Porém você deve escolher a mais adequada à seu perfil, caso contrário corre o risco de trabalhar muito para ganhar pouco.

Por exemplo, existem alguns Youtubers famosos que faturam milhões por ano. Porém existem milhares de pessoas que criam canais no Youtube e nunca conseguem faturar mais de 10 dólares ao longo do tempo.

Também existem pessoas que se rendem aos programas que prometem rios de dinheiro para você ficar clicando em propagandas ou abrindo e-mails.

Se você não conhece nenhum programa assim, sugiro que nem procure conhecer: são simplesmente HORRÍVEIS!

São horas e horas de trabalho para ganhar centavos.

Programas de Afiliados podem ser vistos como apenas uma fonte de renda extra pela maioria das pessoas, mas a verdade é que são uma das melhores maneiras de ganhar dinheiro na internet.

É possível ter rendimentos que superam os 10, 20 mil reais por mês trabalhando como afiliado.

Porém não se iluda! Esses resultados exigem dedicação e profissionalismo.

Afinal, se fosse fácil, todo mundo largaria o emprego e ficaria em casa tranquilo ganhando milhões de reais sem fazer nada (rs)

Vamos lá, vou te explicar o que são programas de afiliados e mostrar algumas das melhores opções para você trabalhar.

O que são programas de afiliados?

Programas de Afiliados

Um programa de afiliados é aberto por uma pessoa ou empresa que deseja promover seus produtos/serviços com a ajuda de afiliados, que são responsáveis por atrair clientes para o negócio principal.

Em troca disso, o afiliado é remunerado por ajudar nessa promoção.

No mundo offline, um programa de afiliados muito famoso é o da Natura, que pagam comissões para suas revendedoras com base na quantidade de produtos que elas conseguem revender.

Entendeu?

Não existe mágica. Você ajuda eles a ganharem dinheiro, e eles dividem o lucro com você.

Funciona assim na internet, e de diversas maneiras, como veremos a seguir:

Tipos de programas de afiliados

Vou explicar os 4 tipos mais populares para o artigo não ficar muito grande.

Se tiver interesse, pode ver uma lista completa nesse artigo da Wikipedia (em inglês).

Custo por Mil (CPM)

Nesse modelo você recebe um valor a cada mil visualizações. Por exemplo, a cada mil visualizações de seu vídeo, você ganha X reais, ou a cada mil visualizações de um banner em seu site você ganha determinado valor.

Como você deve imaginar, para conseguir um bom faturamento trabalhando com CPM você deve ter um site/canal muito popular com milhares de visitas diárias.

Custo por Clique (CPC)

Como o nome diz, a cada clique algumas moedas entram em sua conta.

Trabalhando com CPC é fácil conseguir rendimentos, porém o valor a cada clique geralmente é extremamente baixo, chegando inclusive à décimos de centavos, dependendo da plataforma.

Já em outras o CPC pode ser maior, tudo depende da plataforma.

Para trabalhar com CPM e CPC, recomendo o maior programa de afiliados do mundo, o Google Adsense.

Você pode trabalhar com ele colocando os anúncios em seu site ou em seus vídeos no Youtube. Esse programa paga em dólares, o que aumenta consideravelmente o ganho para nós, brasileiros.

Custo por Lead (CPL)

Esse formato não é tão popular quanto os demais, mas também é muito interessante.

Você recebe cada vez que um usuário se cadastrar em uma campanha divulgada. Geralmente ele informará dados como nome, data de nascimento e algumas outras informações pessoais. A empresa usará esses dados para pesquisa de mercado, venda de produtos específicos ou revendê-los, se o usuário autorizar.

Como recebo meus pagamentos dos programas de afiliados?

receber-pagamentos

Isso depende de cada empresa.

Em geral, você pode receber através de contas no Paypal, Bcash ou Payoneer. Sendo que em todos esses serviços o cadastro é gratuito.

Lembre-se de, ao cadastrar-se em um ou mais programas de afiliados, conferir como eles realizam os pagamentos.

Uma das empresas que trabalho como afiliado é o Hotmart. Eles, assim como a Monetizze transferem direto para a sua conta bancária. É extremamente simples e rápido.

Como existem muitas opções de programas de afiliados, é comum que um usuário iniciante deseje se afiliar a todos para ganhar o máximo possível.

Com certeza você não deve fazer isso!

É interessante escolher alguns e focar todas as suas energias neles, para obter os melhores resultados.

Veja algumas características à levar em consideração ao escolher uma plataforma para se afiliar:

Como escolher um bom programa de afiliados

Estrutura Profissional

Confira a estrutura do site. Se possui fácil navegação, informações adequadas para tirar suas dúvidas quanto ao funcionamento e regras, veja se possui reclamações na internet quanto à atraso no pagamento de comissões (recomendo procurar no Reclame Aqui)

Grátis

Nunca participe de um programa de afiliados que cobre pela sua participação.

Você irá ajuda-los a vender e lucrar. Não tem motivos para pagar para trabalhar; você deve receber para trabalhar!

Nota: se você encontrar um esquema onde, além de cobrarem para entrar, te dão garantias de retorno e seu trabalho será indicar outras pessoas para entrar no esquema, pesquise um pouco e se for o caso DENUNCIE, pois provavelmente é um esquema de pirâmide.

Demanda

Utilize o Google Trends e veja se a demanda pelo produto/serviço em questão é alta e, de preferência, crescente.

Não adianta entrar em um daqueles programas de afiliados que promovem produtos com baixa demanda, pois será extremamente difícil conseguir vender.

Apoio

Principalmente para quem é iniciante, tentar fazer tudo por conta própria lhe custará muito tempo e esforço antes de obter algum resultado.

Por isso eu recomendo que você opte por programas de afiliados que oferecem suporte para iniciantes e também bastante material para se trabalhar, como banners, modelos de e-mail, vídeos, artigos…

Se você, como eu, pretende trabalhar com produtos digitais, muitos produtores contratam gerentes de afiliados para auxiliar cada afiliado em seu trabalho. Procure promover infoprodutos que tenham um bom gerente de afiliados.

Como promover programas de afiliados

Colocar um banner em seu blog parece uma ótima ideia, porém é uma das menos eficientes para conseguir bons lucros como afiliado, a menos que você esteja trabalhando com CPM.

Você pode promover criando campanhas de anúncios em plataformas como o Facebook (caso seu programa de afiliados permita) enviando os clientes direto para o site do produto.

Além dessa forma básica, veja outras ferramentas interessantes:

E-mail marketing

o-que-é-email-marketing

As pessoas preferem seguir a opinião de quem elas conhecem.

Com o e-mail marketing você pode criar um relacionamento com as pessoas que estiverem em sua lista de e-mails e fazer ofertas nos momentos certos, aumentando drasticamente o número de vendas.

Além disso, você tem total controle dos contatos de sua lista, sem depender das regras de terceiros, como o próprio Facebook, que pode simplesmente decidir que seus anúncios não são adequados e não serão mais veiculados.

Marketing de Conteúdo

Com o tempo as pessoas se acostumaram tanto com propagandas que seus cérebros simplesmente passaram a ignorar esse tipo de conteúdo. Por isso, dependendo do local, seus banners receberão pouquíssimos cliques.

Trabalhando com o marketing de conteúdo isso muda, pois você disfarça sua oferta oferecendo conteúdo de qualidade para sua audiência.

Nesse caso, ao entrar em programas de afiliados para indicar produtos da Netshoes, por exemplo, você pode escrever um texto falando sobre as características, vantagens e desvantagens de determinado tênis, e no final do texto deixar um link para a página de vendas dele.

Entendeu a estratégia?

Youtube

Eu sempre falo que o Youtube tem um potencial incrível para atrair clientes, mas as pessoas insistem em ignorar essa fonte de tráfego!

Grave vídeos relacionados ao produto que você está promovendo e coloque no Youtube!

A maioria das pessoas prefere vídeos do que longos textos, porém pouca gente faz vídeos e muitos fazem textos. Explore isso ao seu favor.

Melhores Programas de Afiliados

Abaixo separei alguns programas de afiliados com que trabalho e considero excelentes. Confira:

Hotmart

A maior plataforma de produtos digitais do Brasil e uma das maiores do mundo.

Possui centenas de milhares de afiliados e em geral você recebe entre 40 e 70% de comissão sobre o valor de cada produto vendido.

É um dos meus programas de afiliados favoritos, sem dúvidas.

Clickbank

Essa é a maior plataforma do mundo!

Funciona do mesmo modo que o Hotmart, com a vantagem de pagar as comissões em dólares e possuir produtos conhecidos no mundo inteiro, facilitando bastante a divulgação.

Eduzz e Monetizze

Essas plataformas estão em ascensão e se você quer trabalhar com a promoção de produtos digitais, é obrigatório se cadastrar em ambas, pois possuem excelentes produtos que não estão no Hotmart.

Além disso, oferecem vantagens sobre a plataforma concorrente, como você pode ver aqui no site da Eduzz e no da Monetizze.

Lomadee

Do mesmo grupo do Buscapé, a Lomadee te permite jogar o jogo dos gigantes.

Nesse programa de afiliados você pode promover empresas como Americanas, Saraiva e outras gigantes do comércio eletrônico.

As comissões variam e em geral são porcentagem sobre o valor de venda dos produtos.

Google Adsense

O programa de afiliados do Google é gigantesco e te possibilita trabalhar colocando anúncios em espaços específicos de seu site.

Os pagamentos também são feitos em dólar e você tem a vantagem de estar trabalhando com uma das maiores empresas do mundo.

Finalizando

Ufa! Esse artigo demorou boas horas para ficar pronto, mas valeu a pena!

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre programas de afiliados, deixe nos comentários que lhe responderei com todo prazer.

O modo como eu rentabilizo meus projetos online é baseado no treinamento Fórmula Negócio Online. Clique aqui para conhecer.

Até a próxima!

Eduardo Amorim

Empreendedor Digital com foco em Marketing Digital. Fundador do Blog Negócio Esperto e autor de outros projetos na internet.

Deixe uma resposta