tráfego-organico

Como aumentar o tráfego orgânico de um blog

Existe um mito de que é possível receber muitas visitas gratuitamente em seu projeto online.

Algumas pessoas confundem isso com aumentar o tráfego orgânico, porém estão equivocadas.

Quando pensamos em aumentar o número de visitantes em nosso site temos que ter em mente que todo tráfego exigirá um investimento: tempo e/ou dinheiro.

Nesse artigo irei ensinar algumas técnicas para aumentar o tráfego orgânico de seu blog.

Sendo assim, você não precisará investir em anúncios, pois essas visitas virão naturalmente de pessoas interessadas em seu nicho.

Para conseguir tráfego orgânico, temos 2 principais aliados: o Google e as redes sociais.

Como aumentar o tráfego orgânico

tráfego-organico

Os motores de busca, em especial o Google, são a principal fonte de visitantes de quase todos os blogs na internet.

As pessoas costumam consultar o Google para solucionar problemas.

Por exemplo: alguém tímido pode ir até o Google e pesquisar por “como perder a timidez”. Em seguida ele visitará alguns dos resultados que aparecerem.

Poucas pessoas visitam muitos resultados da busca.

Algumas pesquisas revelam que 35% dos usuários acessam o primeiro site que aparece.

Os demais recebem parte das visitas também, mas em geral, estar na segunda página do Google já é o suficiente para ser quase invisível.

Por isso é fundamental garantir boas posições para suas páginas no Google.

Isso pode ser feito gratuitamente utilizando técnicas de SEO e caprichando no que seu blog tem de melhor para oferecer aos visitantes: conteúdo.

Escreva artigos que realmente tragam a solução ao usuário. Assim as pessoas passarão mais tempo lendo seus textos e naturalmente irão passar a te ver com mais credibilidade.

E isso passa confiança ao visitante, que poderá passar de visitante à seu cliente. Legal, né?

O contrário também é válido. Textos com erros de português, mal escritos e que tem toneladas de texto enrolando o leitor sem entregar nada de útil irão oferecer uma péssima experiência ao usuário, que sairá rapidamente e dificilmente voltará a visitar o site em questão.

Dica bônus de SEO

Existe um fator chamado “taxa de rejeição”.

Quando um visitante fica pouquíssimo tempo em sua página os robôs do Google entendem que seu conteúdo não agradou. Isso eleva sua taxa de rejeição e faz seu conteúdo perder posições nas buscas.

Para quem deseja aumentar o tráfego orgânico, ter uma alta taxa de rejeição é um tiro no pé.

Por isso fique atento à esse indicador e trabalhe constantemente para diminuir a taxa de rejeição de seu site.

Dica bônus sobre agregadores de links

Agregadores de links como o Ocioso são ótimos para trazer milhares de visitas para seu site, principalmente se você cadastrar uma imagem chamativa e um título polêmico.

Porém essa estratégia pode trazer mais malefícios do que benefícios ao seu site.

Isso por que a maioria das visitas provenientes de sites como o Ocioso são de pessoas curiosas que estão à toa na internet e buscando algo fácil de ser consumido, em geral na área de entretenimento.

Esses visitantes procuram memes, imagens engraçadas e vídeos bobos. Por isso passam pouquíssimo tempo nos sites, aumentando a taxa de rejeição drasticamente. Se seu site tiver um texto então…

Redes Sociais

Uma outra forma de aumentar o tráfego orgânico de seu blog é utilizar o poder das redes sociais a seu favor.

Porém saiba que irá custar um bocado de tempo e dedicação.

Você pode manter um perfil no Twitter para publicar links para novos artigos e interagir com seus fãs.

O problema do Twitter é que suas postagens se perdem rapidamente na timeline de seus seguidores, passando despercebidas por muitos deles.

O Facebook também é uma boa opção para divulgar seu trabalho, porém não se iluda, nem dependa exclusivamente dele.

Para manter-se saudável, a empresa Facebook precisa de dinheiro, e quase 100% de suas receitas são provenientes de anúncios feitos pelos usuários.

Por isso eles cada vez reduzem mais o alcance de suas publicações. Sendo assim, a menos que você pague para impulsionar suas postagens em sua página do Facebook, poucos usuários irão vê-las em suas timelines.

É comum uma página ter no máximo 6% de alcance em suas publicações. Isto é, se sua página no Facebook tem 10 mil curtidas, cerca de 600 pessoas verão o que você publicar.

Concluindo

É possível aumentar o tráfego orgânico de seus projetos online.

A grande chave para conseguir tráfego de qualidade é investir na criação de bom conteúdo e utilizar as técnicas SEO a seu favor.

Além disso, as redes sociais podem (e devem) ser utilizadas para a divulgação e interação com seus visitantes, mas nunca devem ser sua fonte principal de tráfego.

Mega Bônus

Para finalizar de vez, deixo mais uma fonte de tráfego orgânico qualificado que pode trazer milhares de visitas todos os dias para seu blog: o Youtube.

Como Mark Zuckemberg, criador do Facebook, já citou, as pessoas consomem informação de diferentes tipos de mídia.

Com o tempo a mídia em destaque vai mudando de acordo com nossas realidades.

Houve o tempo em que textos eram a fonte principal de informação, depois passaram a ser as imagens e atualmente os vídeos estão em ascensão.

*inclusive isso explica a evolução do próprio Facebook que já deu destaque a publicações em textos, depois somou o Instagram a seu império e atualmente incentiva cada vez mais as pessoas a compartilharem vídeos.

Tendo isso em mente, criar um canal no Youtube e atualizá-lo com frequência é uma opção gratuita que pode gerar muito tráfego qualificado para seu blog.

Mesmo que você tenha vergonha de aparecer em frente à câmera, pode gravar a tela do computador e narrar apresentações feitas no PowerPoint ou com o auxílio de Mapas Mentais.

Se você ainda não tem um canal no Youtube, está facilitando a vida da concorrência. Acredite.

Ufa, agora sim acabou.

Espero que tenha gostado dessas dicas para aumentar o tráfego orgânico de seu blog.

Até a próxima.

Eduardo Amorim

Empreendedor Digital com foco em Marketing Digital. Fundador do Blog Negócio Esperto e autor de outros projetos na internet.

Deixe uma resposta